Política

Ex-partido de Artuzi, PDT quer indicar vice para reconquistar espaço em Dourados

Para tentar reconquistar o espaço perdido desde que Ari Artuzi renunciou à Prefeitura de Dourados, o PDT pretende reivindicar a indicação do vice tanto do pré-candidato do PMDB, quanto do prefeito Murilo Zauith (PSB), que tentará a reeleição. “A indicação do vice será crucial para aliança”, afirmou o presidente do diretório municipal da legenda, vereador Cemar […]

Arquivo Publicado em 20/04/2012, às 17h38

None

Para tentar reconquistar o espaço perdido desde que Ari Artuzi renunciou à Prefeitura de Dourados, o PDT pretende reivindicar a indicação do vice tanto do pré-candidato do PMDB, quanto do prefeito Murilo Zauith (PSB), que tentará a reeleição. “A indicação do vice será crucial para aliança”, afirmou o presidente do diretório municipal da legenda, vereador Cemar Arnal.


Em 2011, o PDT esteve ao lado de Murilo nas eleições extemporâneas. O pleito foi realizado em fevereiro, logo depois que o então prefeito Ari Artuzi (à época no PDT e hoje no PMN) renunciou ao cargo. O ex-pedetista foi preso durante a operação Urugano acusado de desviar verba públicas da Prefeitura de Dourados e chefiar um esquema de corrupção que envolveria políticos e empresários de Mato Grosso do Sul. 


Após o escândalo, o PDT entrou para o grupo de 15 partidos que ajudou eleger Murilo Zauith nas eleições de 2011. Contudo, o futuro da legenda na administração ainda é incerto. Neste ano, o partido já teria sido assediado pelo PMDB, que pretende disputar o comando do segundo maior colégio eleitoral de Campo Grande.


Segundo Cemar Arnal, o nome mais cotado dentro do PDT para concorrer à vice é o do empresário Nicácio Cantero. O presidente do diretório municipal da legenda disse que não descarta a possibilidade de o partido continuar ao lado de Murilo, mas reforçou a intenção de a sigla reivindicar espaço na chapa majoritária.


Cemar Arnal afirmou ainda que o PDT aguardará a definição do pré-candidato a prefeito do PMDB para decidir se o partido buscará a indicação do vice. “Dependendo de quem for escolhido, vamos oferecer o vice”, comentou.


A pré-candidatura do PMDB é disputada pela vereadora Délia Ruzuk e os deputados federais Marçal Filho e Geraldo Resende. O presidente do diretório municipal do PDT não manifestou preferência pelos peemedebistas que concorrem à indicação do partido.

Jornal Midiamax