Política

Em eventual segundo turno, Puccinelli tentará apoio até do PT

O governador André Puccinelli (PMDB) acredita que o candidato do PMDB, Edson Giroto, estará no segundo turno da eleição em Campo Grande e disputará a prefeitura com o candidato do PP, Alcides Bernal.  Neste cenário, o líder do PMDB afirmou que o partido buscará apoio de todos, incluindo PT e PSDB, que hoje figuram entre […]

Arquivo Publicado em 07/10/2012, às 13h14

None

O governador André Puccinelli (PMDB) acredita que o candidato do PMDB, Edson Giroto, estará no segundo turno da eleição em Campo Grande e disputará a prefeitura com o candidato do PP, Alcides Bernal. 


Neste cenário, o líder do PMDB afirmou que o partido buscará apoio de todos, incluindo PT e PSDB, que hoje figuram entre os opositores do governo peemedebista. Puccinelli justificou que todos são democratas e, por isso, é possível fazer um “diálogo civilizado”.


O prefeito Nelsinho Trad (PMDB), por sua vez, já dá praticamente como certo o apoio do PSDB, do candidato a prefeito Reinaldo Azambuja, apesar das duras críticas do tucano à atual administração.


“A linha de ataque partiu do Azambuja e não do PSDB, um partido que sempre esteve conosco”, ponderou. “O bom filho a casa retornará” apostou Nelsinho.


Reinaldo Azambuja, no entanto, se comprometeu a apoiar candidato da oposição se não chegar ao segundo turno. Da mesma forma, vem se manifestando o petista Vander Loubet.

Jornal Midiamax