Política

Athayde lembra que Puccinelli e Nelsinho não tinham experiência quando viraram prefeitos

O vereador Athayde Nery (PPS) ocupou a tribuna da Câmara Municipal nesta quinta-feira (18) para comemorar o desempenho do candidato a prefeito de Campo Grande apoiado pelo PPS, Alcides Bernal (PP), na campanha. Segundo Athayde, mesmo contra toda propaganda e imposição, a população vem apoiando Bernal, e os ataques não “impediram uma onda que tomou […]

Arquivo Publicado em 18/10/2012, às 18h17

None

O vereador Athayde Nery (PPS) ocupou a tribuna da Câmara Municipal nesta quinta-feira (18) para comemorar o desempenho do candidato a prefeito de Campo Grande apoiado pelo PPS, Alcides Bernal (PP), na campanha. Segundo Athayde, mesmo contra toda propaganda e imposição, a população vem apoiando Bernal, e os ataques não “impediram uma onda que tomou conta da cidade”.

Athayde declarou que a resposta de Bernal aos ataques é a sustentabilidade política e partidária conquistada com o apoio do PPS, PSDB, PMN e PT na disputa pelo segundo turno. O vereador lembrou que os governistas dizem que Bernal não tem experiência administrativa, mas esquecem que os líderes do PMDB também não tinham quando assumiram a prefeitura.

Athayde disse que Nelsinho Trad (PMDB) não tinha experiência administrativa quando assumiu e teve o apoio político para administrar. Segundo ele, quando Nelsinho assumiu tinha sido vereador, deputado e apresentava um programa na televisão. O vereador lembrou ainda que André Puccinelli (PMDB) só tinha sido deputado federal e estadual, após sofrer uma derrota na disputa pela Prefeitura de Fátima do Sul.

O vereador Alex do PT pediu a palavra e criticou o preconceito embutido nos ataques. Ele lembrou que os opositores dão a entender que nenhum dos vereadores teria condições de administrar a cidade. Alex lembrou que o presidente Luis Inácio Lula da Silva nunca tinha sido prefeito ou governador e foi um dos melhores presidentes do Brasil. Alex ressaltou ainda que o discurso de que Bernal ficaria isolado caiu por terra com o apoio do PPS, de Reinaldo Azambuja (PSDB), do senador Delcídio Amaral (PT) e do vereador Marcelo Bluma.

O vereador Athayde terminou o discurso comentando a campanha do PMDB, que vive questionando “E o Bernal?”. Ele disse que ao contrário do pretendido pela situação, a propaganda tem ajudado e muito o candidato adversário.

Jornal Midiamax