Política

Zeca não vê espaço para aliança com DEM ou PMDB em Dourados

O ex-governador Zeca do PT reitera que, em sua avaliação, não há espaço para os petistas firmarem aliança com DEM ou PMDB em Dourados. Porém afirma que a decisão cabe ao diretório municipal do partido. As afirmações foram feitas em sua página pessoal no microblog Twitter em conversa com seguidores na qual ele também descarta concorrer à […]

Arquivo Publicado em 14/12/2010, às 11h29

None

O ex-governador Zeca do PT reitera que, em sua avaliação, não há espaço para os petistas firmarem aliança com DEM ou PMDB em Dourados. Porém afirma que a decisão cabe ao diretório municipal do partido. As afirmações foram feitas em sua página pessoal no microblog Twitter em conversa com seguidores na qual ele também descarta concorrer à prefeitura do município.

Os petistas estariam sendo sondados para uma composição por lideranças democratas e peemedebistas. Mas, há na legenda quem defenda candidatura própria ou uma aliança com o PV tendo na cabeça da chapa a advogada Tatiana Ujacov que concorreu a vice-governadora ao lado de Zeca do PT nas eleições de outubro.

Zeca explica que existem alianças que são pragmáticas e outras que comprometem a luta do partido, caso da união com partidos de direita. Respondendo a um questionamento, o petista esclareceu que nunca pensou em concorrer à prefeitura de Dourados. “A possibilidade de eu ser candidato em Dourados nunca existiu”, disse.


Dourados passará por eleições extraordinárias no dia 6 de fevereiro em decorrência da renúncia do ex-prefeito Ari Artuzi (sem partido) e do vice Carlinhos Cantor (PR). Os dois estiveram presos sob a acusação de envolvimento em esquema de fraudes em licitações e distribuição de propinas desmantelado na Operação Uragano da Polícia Federal.

Jornal Midiamax