Política

Mesmo com Artuzi preso, Puccinelli pede votos em Dourados

O governador André Puccinelli (PMDB) faz campanha em três municípios do Estado hoje entre os quais Dourados. O município está sob o impacto de turbulências políticas desde a prisão do prefeito Ari Artuzi (PDT), do vice-prefeito Carlinhos Cantos (PR) e de nove vereadores, além de secretários e empresários, acusados de corrupção. A assessoria de comunicação […]

Arquivo Publicado em 03/09/2010, às 11h26

None

O governador André Puccinelli (PMDB) faz campanha em três municípios do Estado hoje entre os quais Dourados. O município está sob o impacto de turbulências políticas desde a prisão do prefeito Ari Artuzi (PDT), do vice-prefeito Carlinhos Cantos (PR) e de nove vereadores, além de secretários e empresários, acusados de corrupção.


A assessoria de comunicação explicou que o governador não vê os últimos acontecimentos em Dourados como um problema para sua campanha à reeleição. Ele chega ao município às 18 horas e participa de reunião com lideranças indígenas em seu comitê, no Jardim Água Boa, perto do Trevo Bandeira.

Artuzi era o principal cabo eleitoral de Puccinelli na cidade. O prefeito, inclusive, contrariou seu partido que queria que apoiasse Zeca do PT a quem o PDT está aliado nestas eleições.

A partir das 19 horas, ele participa de reuniões políticas e inaugurações de comitês. Os endereços não foram divulgados.


Agora pela manhã, faz campanha em Nova Alvorada do Sul. Às 14h30, ele participa de reuniões políticas em Ponta Porã.

Jornal Midiamax