Política

DEM abre inquérito contra vereadores acusados de corrupção

O diretório regional do Democratas marcou para sexta-feira, dia 10, reunião na qual pretendem começar o processo de abertura de inquérito contra os vereadores do partidos acusados de participação em esquema de fraudes em licitações e recebimento de propina em Dourados. “Vamos começar a montar o inquérito”, informa o presidente regional do DEM, o vice-governador […]

Arquivo Publicado em 08/09/2010, às 12h06

None

O diretório regional do Democratas marcou para sexta-feira, dia 10, reunião na qual pretendem começar o processo de abertura de inquérito contra os vereadores do partidos acusados de participação em esquema de fraudes em licitações e recebimento de propina em Dourados. “Vamos começar a montar o inquérito”, informa o presidente regional do DEM, o vice-governador Murilo Zauith.


A operação Uragano da Polícia Federal prendeu o presidente da Câmara Sidlei Alves (DEM), os vereadores Marcelo Barros e Paulo Henrique Bambu. O vereador Gino Ferreira foi levado à delegacia da Polícia Federal por escolta coercitiva e liberado. Porém, o nome dele também aparece entre os indiciados.


A mesma operação prendeu o prefeito de Dourados Ari Artuzi (PDT) que está preso na 3ª Delegacia de Polícia, no Carandá Bosque, em Campo Grande, o vice-prefeito Carlinhos Cantos (PR), o procurador geral do município, Alziro Moreno e a primeira-dama, Maria Artuzi. Ao todo foram detidas 28 pessoas, entre as quais secretários e representantes de empresas que supostamente pagavam propina a Artuzi considerado pela Polícia como chefe do esquema de corrupção.

Jornal Midiamax