Política

Programa do PMDB traz críticas à administração de Zeca do PT

O programa eleitoral do PMDB, exibido em rede de TV, trouxe uma série de críticas à atual administração do governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT. Veja parte do que foi dito: “O governo atual gasta muito em propaganda e não faz nada. Em vez de equipar o Hospital Regional de Dourados, […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O programa eleitoral do PMDB, exibido em rede de TV, trouxe uma série de críticas à atual administração do governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT. Veja parte do que foi dito:

“O governo atual gasta muito em propaganda e não faz nada. Em vez de equipar o Hospital Regional de Dourados, fez propaganda e inaugurou o hospital vazio. O escândalo do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) trouxe conseqüências graves para o Estado. O dinheiro (R$ 4,8 milhões)foi desviado. Dois secretários foram afastados, mas continuam trabalhando nos bastidores do governo.”

“Ninguém esquece também o dinheiro do contribuinte gasto para promover uma escola de samba (Salgueiro do Rio). Gastaram R$ 1 milhão do nosso bolso, que não trouxe resultado, pois o nome do Estado não foi mencionado no samba enredo. O Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário (Fundersul), usado para recuperar estradas, não resolveu o problema de conservação das rodovias (o programa apresentou depoimentos de caminhoneiros)”.

No final da apresentação, o presidente regional do PMDB, Waldemir Moka, encerrou as críticas. “As mudanças prometidas não ocorreram. E o governo é conhecido por gastar milhões e milhões de reais em propaganda”, afirmou.

Jornal Midiamax