Polícia / Trânsito

Motorista que ficou presa nas ferragens em acidente com morte voltava de viagem com marido

A colisão envolveu 3 veículos na manhã da segunda-feira

Renata Portela Publicado em 04/01/2022, às 06h32

Motorista e filhos foram socorridos pelos bombeiros
Motorista e filhos foram socorridos pelos bombeiros - (Foto: Jornal da Nova)

A motorista do GM Onix, envolvido em acidente que ocorreu na segunda-feira (3), viajava com o marido e os filhos após ter comprado um carro no Paraná. O casal comprou o veículo no estado vizinho e voltava para Mato Grosso do Sul. O marido conduzia o carro novo e não se envolveu no acidente.

A colisão envolveu um GM Onix, um Renault Sandero e um Hyundai HB20 e deixou um morto e quatro feridos, entre eles duas crianças de 3 e 4 anos. A fatalidade aconteceu na manhã de segunda-feira, na MS-276 entre as cidades de Batayporã e Anaurilândia, a 350 quilômetros de Campo Grande.

A mulher conduzia o Onix, com placas de Belo Horizonte (MG), que colidiu frontalmente contra o Renault Sandero, com placas de Campo Grande (MS), que era conduzido por Ademir Bispo do Carmo, de 59 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu.

Após a colisão frontal entre os carros, a mulher ficou presa nas ferragens e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros até o Hospital Regional de Nova Andradina. Os filhos, de 3 e 4 anos, que estavam com ela, também foram socorridos com fraturas.

Conforme o Jornal da Nova, o motorista do HB20, terceiro veículo envolvido no acidente, contou que deixou a família no interior de São Paulo e voltava para casa. “Eu seguia logo atrás e quando houve a colisão, a única coisa que deu tempo era tentar desviar e consegui tirar o máximo, mas mesmo assim ainda atingiu a lateral da frente. Graças a Deus não aconteceu o pior”, disse aliviado.

O acidente aconteceu na MS-276, entre Anaurilândia e Batayporã, nas proximidades do trevo da MS-480 que liga o estado de São Paulo.

Jornal Midiamax