Polícia / Trânsito

PRF aposentado que morreu em acidente estava a mais de 100 km/h, diz delegado

Policial bateu de frente contra uma Pajero que era conduzida por idoso

Thatiana Melo e Danielle Errobidarte Publicado em 30/05/2021, às 10h51

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

O policial rodoviário federal aposentado, Joilson Soares Xavier, que morreu em um acidente na manhã deste domingo (30) ao bater de frente contra uma camionete Pajero estaria a mais de 100 Km/h, segundo o delegado Leandro Lacerda que atendeu o local do acidente.

De acordo com o delegado, Joilson estava com o grupo de motociclistas, mas teria se afastado do grupo indo mais a frente quando na curva acabou não conseguindo fazer a manobra de maneira fechada, já que estava em alta velocidade batendo de frente contra a camionete Pajero.

Joilson morreu na hora e sua arma que era particular acabou caída ao lado do corpo. Com o impacto da batida, a bota do policial acabou em cima do pneu da motocicleta Suzuki esportiva que se partiu ficando destruída. A frente da camionete também ficou destruída com o vidro estilhaçado.

O idoso de 84 anos que dirigia o veículo foi socorrido pelos bombeiros com dores no tórax para o hospital da Unimed. O idoso estava acompanhado de sua esposa, que nada sofreu. Joilson estava na companhia de um grupo de motociclistas, mas ninguém quis falar sobre o acidente com a equipe de reportagem.

Jornal Midiamax