Polícia / Trânsito

Pedestre que teve perna decepada em atropelamento segue internado na Santa Casa

Motociclista envolvido no acidente pagou fiança de R$ 2 mil e foi liberado

Thatiana Melo Publicado em 03/05/2021, às 12h25

None
(Ilustrativa)

O pedestre que teve a perna decepada em um acidente na noite de sábado (1º), após ser atropelado enquanto empurrava a bicicleta na Rodovia BR-163, ainda em Campo Grande, na região norte da cidade segue internado na Santa Casa da Capital. O motociclista pagou fiança de R$ 2,2 mil e foi liberado.

Segundo a assessoria do hospital, ele realizou procedimento cirúrgico de urgência pelas equipes da ortopedia e cirurgia vascular. Está na enfermaria em recuperação da cirurgia, está consciente, orientado e estável.

O motociclista passou por audiência de custódia nesta segunda-feira (3), quando foi determinada a fiança de R$ 2,2 mil, que foi paga e o homem liberado. Ele disse que estava voltando para casa depois de passar na residência de um amigo onde bebeu oito latas de cerveja.

Ainda segundo, o motociclista o atropelamento aconteceu quando foi abrir passagem para uma ultrapassagem, e que só ficou sabendo da gravidade do acidente quando começou uma aglomeração de pessoas no local.

Conforme o registro policial, por volta das 18h30 o pedestre empurrava a bicicleta pelo acostamento da via, quando foi surpreendido pela motocicleta. O veículo era conduzido por um rapaz de 20 anos, que atropelou a vítima e também acabou caindo.

Com o impacto do acidente, o pedestre teve a perna direita decepada, do joelho para baixo. Equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) esteve no local e o rapaz foi submetido ao teste de bafômetro, que constatou 0,61 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões.

O motociclista foi preso em flagrante e o pedestre encaminhado para a Santa Casa em estado grave. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro como lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, com aumento de pena se o condutor está embriagado.

Jornal Midiamax