Polícia / Trânsito

Atropelado em frente ao trabalho, Paulo estava há 11 anos em atacadista

Motorista fugiu sem prestar socorro

Thatiana Melo e Felipe Ribeiro Publicado em 24/07/2021, às 08h03

None
(Henrique Arakaki, Midiamax)

Amigos de trabalho de Paulo Sérgio, de 50 anos, morto ao ser atropelado na Avenida Gury Marques, em Campo Grande, na manhã deste sábado (24), estavam em choque ao se depararem com a cena do acidente, que tirou a vida do colega de trabalho. 

Paulo estava há 11 anos no atacadista e exercia a função de técnico de manutenção. Neste sábado (24), estava mais uma vez a caminho do trabalho quando, por volta das 5h35 da manhã, acabou atropelado ao atravessar a rua. Ele estava na companhia de outro colega de trabalho, que em choque, foi dispensado. 

A vítima foi atropelada 50 metros antes da faixa de pedestre que existe na avenida, por um carro de cor prata. O motorista fugiu sem prestar socorro deixando para trás partes do carro. A bota que era usada por Paulo acabou saindo do pé da vítima, ficando espalhada junto dos pedaços do veículo.

Equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram chamadas para o local, mas o homem já estava morto. A polícia procura pelo motorista que fugiu. 

Jornal Midiamax