Polícia / Trânsito

Motociclista tomou cervejas antes de acidente com morte na BR-163 e acabou preso

Homem de 41 anos foi detido em flagrante pela morte de Ednei Mendes da Silva, de 38 anos, vítima de acidente de trânsito na noite de quinta-feira (14) na BR-163. O motociclista seguia pela rodovia quando teria sido surpreendido por Ednei, que entrou na pista em outra moto e foi atingido, lançado na pista e […]

Renata Portela Publicado em 15/05/2020, às 06h56 - Atualizado às 13h05

Vítima morreu na rodovia (Foto: Via WhatsApp)
Vítima morreu na rodovia (Foto: Via WhatsApp) - Vítima morreu na rodovia (Foto: Via WhatsApp)

Homem de 41 anos foi detido em flagrante pela morte de Ednei Mendes da Silva, de 38 anos, vítima de acidente de trânsito na noite de quinta-feira (14) na BR-163. O motociclista seguia pela rodovia quando teria sido surpreendido por Ednei, que entrou na pista em outra moto e foi atingido, lançado na pista e atropelado por um caminhão.

Conforme a Polícia Civil, um homem de 29 anos contou que seguia pela rodovia quando a motocicleta que ele conduzia apresentou problemas mecânicos. Ele parou no acostamento e acionou Ednei, que trabalhava com motos e foi até o local. A vítima acoplou a moto do cliente no sidecar e foi quando entrou na pista com as duas motos que foi atingido pelo motociclista de 41 anos.

Com a colisão, Ednei foi lançado na pista e posteriormente atingido por um caminhão, que não ficou no local do acidente. PRF (Polícia Rodoviária Federal), Corpo de Bombeiros, Perícia e Polícia Civil, além de equipe da CCR MSVia estiveram no local e o autor do acidente foi encaminhado até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) das Moreninhas.

Motociclista tomou cervejas antes de acidente com morte na BR-163 e acabou preso
(Foto: Via WhatsApp)

O motociclista foi submetido ao teste de bafômetro, que acusou embriaguez. Ele confessou que tinha tomado duas latas de cerveja e disse que pilotava a moto a 70km/h quando aconteceu o acidente. Ele disse ainda que se lembrava apenas de ter visto a motocicleta da vítima entrando na pista, sem conseguir evitar a colisão, e depois saindo para o acostamento onde caiu.

O homem acabou detido em flagrante pelo homicídio culposo, qualificado se o agente conduz o veículo sob influência de álcool. O caso foi registrado pela equipe da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Jornal Midiamax