Polícia / Trânsito

Editor de imagens morre no hospital após sofrer acidente de moto

O editor de imagens Anderson Olmos de Castro, de 40 anos, morreu no hospital na manhã desta segunda-feira (31), após sofrer um grave acidente no cruzamento das ruas Alfredo Justino com João Silvao, em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande. Anderson faleceu às 10h desta segunda-feira (31) no Hospital Auxiliadora. Segundo informações […]

Diego Alves Publicado em 01/09/2020, às 01h37 - Atualizado às 07h38

Anderson era editor de imagens na afiliada de TV Cultura, em Três Lagoas (Arquivo pessoal)
Anderson era editor de imagens na afiliada de TV Cultura, em Três Lagoas (Arquivo pessoal) - Anderson era editor de imagens na afiliada de TV Cultura, em Três Lagoas (Arquivo pessoal)

O editor de imagens Anderson Olmos de Castro, de 40 anos, morreu no hospital na manhã desta segunda-feira (31), após sofrer um grave acidente no cruzamento das ruas Alfredo Justino com João Silvao, em Três Lagoas, cidade a 325 quilômetros de Campo Grande.

Anderson faleceu às 10h desta segunda-feira (31) no Hospital Auxiliadora. Segundo informações do Corpo de  Bombeiros, o acidente envolveu um veículo e a motocicleta que Anderson pilotava na Rua Alfredo Justino, com a João Silva, próximo a uma padaria, deixando o editor gravemente ferido no final da tarde deste domingo (30).

Em sua rede social, Anderson manifestou sua tristeza após perder a sua mãe, no dia 24 de agosto, há exatamente uma semana, publicou o site Rádio Caçula. O Sindjor-MS (Sindicato dos Jormalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul) emitiu uma nota. Leia abaixo:

É com imenso pesar que o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Mato Grosso do Sul (Sindjor MS), comunica que o colega Anderson Olmos de Castro, de 40 anos, morreu nesta segunda-feira, 31, vítima de acidente de trânsito, ocorrido no domingo, 30, no centro de Três Lagoas. Anderson, era editor de imagens na afiliada de TV Cultura, em Três Lagoas. A moto que ele dirigia, teria sido atingida por um carro, em um cruzamento da área central da cidade. Bastante ferido, o editor foi levado para um hospital, passou por cirurgia mas, nesta segunda-feira, ele veio a óbito, por volta das 9h. Ele deixa esposa e dois filhos pequenos. O velório será nesta terça-feira, 1º de setembro, no Velório Cardassi, das 7 às 10h.

O Sindjor MS solidariza-se com a família e amigos de Anderson, neste momento de dor.

Jornal Midiamax