Polícia / Trânsito

VÍDEO: dois morrem e três ficam feridos em colisão entre carro e caminhonete na BR-262

Acidente por volta das 5 horas desta sexta-feira (09) na altura do km-209, na BR-262, em Ribas do Rio Pardo, a cerca de 97 quilômetros de Campo Grande, deixou duas vítimas fatais. O Corpo de Bombeiros, PRF (Polícia Rodoviária Federal), perícia e Polícia Civil estão no local. As vítimas ainda não foram identificadas De acordo […]

Dayene Paz Publicado em 09/10/2020, às 07h43 - Atualizado às 15h46

Motorista da caminhonete foi socorrido pelos bombeiros. Imagem: Leonardo de França
Motorista da caminhonete foi socorrido pelos bombeiros. Imagem: Leonardo de França - Motorista da caminhonete foi socorrido pelos bombeiros. Imagem: Leonardo de França

Acidente por volta das 5 horas desta sexta-feira (09) na altura do km-209, na BR-262, em Ribas do Rio Pardo, a cerca de 97 quilômetros de Campo Grande, deixou duas vítimas fatais. O Corpo de Bombeiros, PRF (Polícia Rodoviária Federal), perícia e Polícia Civil estão no local. As vítimas ainda não foram identificadas

VÍDEO: dois morrem e três ficam feridos em colisão entre carro e caminhonete na BR-262
Imagem: Leonardo de França

De acordo com as informações apuradas pela reportagem do Jornal Midiamax, o motorista da caminhonete Nissan Frontier, com placa de Uberlândia (MG), seguia sentido a Ribas, quando teria se distraído e invadido a pista contrária, colidindo frontalmente com um veículo Fiat Strada, placa de Belo Horizonte (MG). A Strada, aparentemente pertence a uma empresa e era ocupada por quatro pessoas.

Após a colisão, a Nissan acabou parando a cerca de 150 metros do local da batida e a Strada, distante cerca de 50 metros.

Motorista e passageiro da Strada morreram no local, presos entre as ferragens do carro. Já os outros ocupantes que estavam no banco de trás foram socorridos com ferimentos graves. O motorista da Nissan estava consciente, mas não há informações sobre a gravidade dos ferimentos dele.

No local, há marcas de frenagem. O trânsito na região está sendo controlado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), no sistema pare e siga. Além do Corpo de Bombeiros, perícia e Polícia Civil estão no local para os trabalhos de praxe e retirada dos corpos.

(Matéria atualizada às 9 horas, para acréscimo de informações)

Jornal Midiamax