Polícia / Trânsito

Menina que estava no carro com criança de 7 anos que morreu está em coma

A menina de 6 anos que estava no carro que capotou na MS-450, também conhecida como Estrada Parque, próximo do distrito de Palmeiras, em Aquidauana – a 139 km de Campo Grande está em coma na Santa Casa da Capital. No acidente um menino de 7 anos morreu. A criança deu entrada no hospital às 18h32 de […]

Thatiana Melo Publicado em 08/09/2020, às 10h40 - Atualizado às 11h01

Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Arquivo)
Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Arquivo) - Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Arquivo)

A menina de 6 anos que estava no carro que capotou na MS-450, também conhecida como Estrada Parque, próximo do distrito de Palmeiras, em Aquidauana – a 139 km de Campo Grande está em coma na Santa Casa da Capital. No acidente um menino de 7 anos morreu.

A criança deu entrada no hospital às 18h32 de domingo (6), sendo internada no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da pediatria. Ela está sedada e intubada em coma induzido. A criança sofreu traumatismo craniano grave e trauma torácico. Não há previsão de cirurgia por enquanto.

O motorista foi solto no mesmo dia depois de prestar depoimento. Segundo o delegado Pedro Henrique da delegacia de Miranda, ele foi solto pelo fato de ter prestado socorro, não houve o flagrante e por isso ele acabou sendo liberado.

No depoimento dele na delegacia, o homem confirmou a versão que foi corroborada pelos militares que atenderam a ocorrência, que um pneu do carro acabou estourando, o que causou o acidente com capotamento. Ele estava embriagado. O motorista vai responder por homicídio culposo e lesão corporal, qualificados pela influência de álcool.

Acidente

O motorista levava quatro crianças no veículo, um Fiat Uno Mille. Duas crianças eram filhos do motorista e duas eram filhos de um casal de vizinhos, que seguiam em um carro logo atrás.

Com o capotamento, as crianças foram levadas para o Hospital de Dois Irmãos do Buriti. Um dos filhos dos vizinhos, o menino de sete anos, morreu. A irmã não teve ferimentos graves. Com relação aos filhos do motorista, o menino teve ferimentos leves e a menina ficou em estado grave, por isso precisou ser encaminhada para Campo Grande.

Jornal Midiamax