Polícia / Trânsito

Acidente com 8 mortes pode ter acontecido após motorista tentar fugir de base da PRF

O acidente que matou oito pessoas, na noite de sábado (3) em Nova Alvorada do Sul a 128 quilômetros de Campo Grande, teria acontecido depois do motorista tentar desviar de uma base da PRF (Polícia Rodoviária Federal) tentando entrar em uma estrada vicinal. Segundo informações da PRF, uma perícia preliminar aponta que o motorista do […]

Thatiana Melo Publicado em 05/10/2020, às 11h35 - Atualizado às 18h09

(Divulgação PRF)
(Divulgação PRF) - (Divulgação PRF)

O acidente que matou oito pessoas, na noite de sábado (3) em Nova Alvorada do Sul a 128 quilômetros de Campo Grande, teria acontecido depois do motorista tentar desviar de uma base da PRF (Polícia Rodoviária Federal) tentando entrar em uma estrada vicinal.

Segundo informações da PRF, uma perícia preliminar aponta que o motorista do carro, Claudiano José da Silva, que não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e estava com lotação acima da permitida, sendo que no carro tinham 8 pessoas quando no máximo seriam 5 pessoas, teria tentado fugir de uma base da PRF.

Claudiano teria tentado entrar em um desvio, que seria muito usado para fugir da fiscalização dos policiais, e quando cruzou a pista acabou batendo no caminhão que vinha no sentido contrário. A suspeita de que o motorista estivesse embriagado já que havia passado um dia de lazer próximo a um rio na região junto da família.

Ainda segundo a PRF, o motorista do caminhão não teria visto o carro já que o veículo estava em mal estado de conservação, nem luz traseira teria. Marcas de frenagem foram registradas no asfalto, e o caso ainda está sendo investigado.

Acidente com 8 mortes pode ter acontecido após motorista tentar fugir de base da PRF
Marcas de frenagem na pista (Divulgação PRF)

Uma outra hipótese que teria sido levantada, é de que Claudiano teria premeditado o acidente depois de descobrir uma traição. O plano, inclusive, teria sido relatado a conhecidos. No local do acidente, familiares de Paola disseram à polícia que a colisão não havia ocorrido por acaso. O delegado responsável pelo inquérito, Rômulo Teixeira Marcelo afirmou que não descarta a possibilidade de que o acidente tenha sido intencional.

Morreram no acidente Paola Izaura dos Santos Silva, Valéria Lucia Correia, Anderson Moraes dos Santos, Carlos Eduardo Correa, Claudiano José da Silva, motorista da Belina, Davi Camargo da Silva, quatro anos e Lorena Camargo da Silva, de dois anos, além de um homem identificado apenas por Ademir. Eles voltavam de um córrego onde passaram o dia. O caso é investigado neste momento como morte a esclarecer.

Jornal Midiamax