Polícia / Trânsito

Família do PR sofre acidente na Serra de Maracaju e motorista morre no local

Motorista de um caminhão baú identificado como Luciano de Andrade Machado, 36, morreu em um acidente na BR-060, Serra de Maracaju, entre Maracaju e Nioaque neste domingo (22). A esposa de Luciano, de 24 anos, e a enteada dele, de 4 anos, que também estavam no veículo, foram levadas conscientes para atendimento. A mulher de […]

Diego Alves Publicado em 22/12/2019, às 22h42 - Atualizado às 22h57

Reprodução
Reprodução - Reprodução

Motorista de um caminhão baú identificado como Luciano de Andrade Machado, 36, morreu em um acidente na BR-060, Serra de Maracaju, entre Maracaju e Nioaque neste domingo (22). A esposa de Luciano, de 24 anos, e a enteada dele, de 4 anos, que também estavam no veículo, foram levadas conscientes para atendimento.

A mulher de 24 anos e sua filha de 4 anos, foram transportadas com suspeitas de fratura ao hospital de Nioaque pelo Corpo de Bombeiros de Jardim. Devido ao estado mais delicado da mulher de 24 anos, ela foi levada à Santa Casa de Campo Grande.

A criança, que sofreu fratura em uma das pernas e, aparentemente não teve nenhum outro tipo de ferimento mais grave, foi levada junto com a mãe à Capital. A esposa de Luciano disse à polícia que o caminhão perdeu o freio no momento em que desciam a serra. Algum outro condutor presenciou o acidente e acionou o socorro.

O veículo carregado com cerveja, refrigerante e outros produtos, então caiu na ribanceira da serra por volta das 3h50. Mulher e filha foram levadas para atendimento e Luciano morreu no local. O caminhão parou com as rodas para cima e ficou em meio aos produtos que ficaram espalhado na vegetação.

A altura no local pode chegar até aos 30 metros, aproximadamente. A rodovia nesta região possui redutores de velocidade, porém, segundo a polícia, é difícil o controle da direção de um veículo sem freios e pesado como um caminhão, na descida de uma serra.

Todos os três são da cidade de Capitão Leônidas Marques (PR). A PRF (Polícia Rodoviária Federal), Corpo de Bombeiros e Polícia Civil foram acionados.

Jornal Midiamax