Polícia / Trânsito

Viatura dos bombeiros com vítima de aneurisma capota em frente a hospital

Motorista de carro alegou não ter ouvido sirene

Thatiana Melo Publicado em 23/03/2018, às 12h27

None

Motorista de carro alegou não ter ouvido sirene

Uma viatura do Corpo de Bombeiros capotou na manhã desta sexta-feira (23), na Avenida Mato Grosso, em Campo Grande, em frente a um hospital quando fazia o transporte de uma vítima de aneurisma, de 74 anos. Um motorista de aproximadamente 30 anos colidiu a frente do carro com a lateral da ambulância.

O motorista do carro contou que estava parado no semáforo, na Avenida Antônio Teodorowic e quando o sinal abriu saiu em baixa velocidade não ouvindo a sirene da ambulância, que vinha em alta velocidade pela Avenida Mato Grosso.

Com a colisão, a ambulância acabou capotando sendo arrastada por aproximadamente 100 metros do local do acidente. O idoso de 74 anos que estava sendo socorrido, devido a um aneurisma, ficou machucado com sangramentos na cabeça e escoriações pelo corpo.

Já a filha do homem, que estava acompanhando o pai, ficou machucada no pulso e com outras escoriações. Outras duas ambulâncias dos bombeiros foram acionados para fazer o resgate e transporte das vítimas para o hospital. Um militar que também estava na ambulância junto da vítima acabou machucando as costelas ao bater as costas durante o capotamento.

A tenente Janaina do Corpo e Bombeiros disse que a ambulância vinha em velocidade normal para a via, quando foi atingida pelo motorista que estaria ouvindo música e com o ar-condicionado ligado não ouvindo a sirene da viatura.Viatura dos bombeiros com vítima de aneurisma capota em frente a hospital

Ela ainda fez um apelo para os motoristas da necessidade de prestar atenção ao trânsito, já que eles (bombeiros) encontram muita dificuldade porque os motoristas não dão passagem e tão menos ouvem as sirenes das viaturas.

A via foi fechada para perícia sentido Via Park obrigando os motoristas a fazerem desvios.

Jornal Midiamax