Polícia / Trânsito

Motorista que provocou acidente com morte de idosos no Centro estaria embriagado

O motorista de 27 anos que provocou o acidente que matou um casal de idosos na manhã desta sexta-feira (15), na Rua Marechal Cândido Mariano Rondon, estaria embriagado. Ele está internado na Santa Casa de Campo Grande sob escolta policial. As vítimas foram identificadas como Luiz Vicente da Cruz, de 69 anos, e Aparecida de […]

Thatiana Melo Publicado em 15/06/2018, às 08h38 - Atualizado às 09h08

None

O motorista de 27 anos que provocou o acidente que matou um casal de idosos na manhã desta sexta-feira (15), na Rua Marechal Cândido Mariano Rondon, estaria embriagado. Ele está internado na Santa Casa de Campo Grande sob escolta policial.

As vítimas foram identificadas como Luiz Vicente da Cruz, de 69 anos, e Aparecida de Souza da Cruz, de 59 anos. O casal estava em um veículo Chevrolet Corsa Sedan e o rapaz, em um Fiat Uno. Com a colisão os dois carros capotaram e ficaram destruídos.

O motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas, segundo informações da polícia, apresentava sinais visíveis de embriaguez.

Em 2016 ele foi multado por dirigir embriagado e estava com a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) cassada.

O acidente aconteceu quando o motorista trafegava na contramão e após passar por um quebra-molas colidiu contra o carro do casal, que morreu na hora.

Com o impacto, os dois carros capotaram e o motorista foi socorrido e levado para a Santa Casa.

Depoimento
Em depoimento ao delegado plantonista Alberto Carneiro, o rapaz disse que voltava da casa da namorada e que havia bebido cerveja.

Os policiais militares que atenderam a ocorrência disseram que não encontraram latas de cerveja no carro, mas o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) constatou a embriaguez mesmo com a negativa do motorista em fazer o teste do bafômetro.

Jornal Midiamax