Polícia / Trânsito

Após cirurgia, criança que sobreviveu a acidente segue internada em estado grave

Pais da menina de 5 anos morreram em colisão na BR-060

Richelieu Pereira Publicado em 15/07/2018, às 10h10 - Atualizado em 16/07/2018, às 07h30

Foto Nathalia Pelzl
Foto Nathalia Pelzl - Foto Nathalia Pelzl

Após passar por cirurgia no sábado (14), a menina de 5 anos que sobreviveu a acidente na BR-060 que matou seus pais segue internada em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) na ala pediátrica da Santa Casa de Campo Grande. Ela estava com os pais, em um veículo Renault Sandero que seguia sentido a Sidrolândia. Os dois adultos morreram.

De acordo com a assessoria do hospital, a criança passou por cirurgia nos braços e pernas devido às fraturas que sofreu nos membros. Depois de passar pelo procedimento, ela retornou à UTI onde permanece sedada e entubada.

Além das fraturas, a menina teve afundamento no crânio e lesões no tórax. A equipe médica acompanha a evolução do caso, sem previsão de alta ou necessidade de mais cirurgias.

A criança de 5 anos seguia no veículo no banco traseiro com a mãe e, foi encontrada no assoalho entre os bancos no momento do acidente. As vítimas eram do Espírito Santo, passaram por São Paulo e estavam em Mato Grosso do Sul a passeio.

A médica que seguia em um Honda Fit no sentido contrário, também foi encaminhada para Santa Casa com dores abdominais.

A parte dianteira dos dois automóveis ficou destruída. Com a batida, o Sandero foi parar em uma mata às margens da rodovia.

Jornal Midiamax