Polícia / Trânsito

Confira os trechos mais perigosos nas rodovias de MS durante fim de ano

Atenção deve ser redobrada nas BR’s 163, 262 e 060

Mariana Lopes Publicado em 19/12/2017, às 13h45

None

Atenção deve ser redobrada nas BR’s 163, 262 e 060

Na reta final de 2017, muitos sul-mato-grossenses já começam a arrumar as malas e os carros para pegar estrada. Nesta época do ano, o movimento nas rodovias chega a subir 70% em relação a dias normais. O problema desta estatística é a violência nas estradas, que também aumenta.

A previsão da PRF (Polícia Rodoviária Federal) é de que a maior intensidade no fluxo de carros seja registrada na próxima sexta-feira (22), quando a média chega a 30% a mais de veículos trafegando pelas rodovias de Mato Grosso do Sul. Essa mesma porcentagem deve ocorrer ao final do feriado, nos dias 25 e 26 de dezembro.

Com base nos acidentes registrados em anos anteriores, pedimos ‘as autoridades para listarem os trechos mais perigosos nas rodovias e estradas sul-mato-grossenses, que merecem atenção redobrada:

Macroanel de Campo Grande

No final de semana da virada do ano, os números devem se repetir, também na sexta-feira (29), com grande fluxo ainda nos dias 1 e 2 de janeiro de 2018. A PRF alerta que trechos como o macroanel, em Campo grande, pode ter um aumento no tráfego de 70%, nos dias de pico. De modo geral, as proximidades dos perímetros urbanos são sempre críticas, principalmente por excesso de velocidade em trechos com mais movimento, desatenção e manobras irregulares.

BR-163 e BR-262, por excesso de velocidade

Em Mato Grosso do Sul, segundo a PRF, as BR’s com mais intensidade no fluxo de veículos são a 163 e a 262, onde há maior registro de acidentes. E por mais que todo ano haja campanhas alertando sobre os cuidados a serem tomados nas rodovias, as principais causas de acidentes ainda são falta de atenção, abuso de velocidade e imprudência.

Ainda assim, a PRF lembra os motoristas sobre a importância em fazer a revisão no veículo – faróis, lanternas, freios, limpador de parabrisa -, não dirigir com sono ou cansado, atenção na condução sob chuva, manter a velocidade da via e ultrapassar somente quando sinalização permitir. “Na dúvida, não realize a manobra”, ressalta a PRF.

BR-262 rumo ao Bolsão

Segundo o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), os condutores devem ter especial atenção ao trafegar pela BR-262, principalmente entre Água Clara e Três Lagoas, onde a pista não está em boas condições e há trechos em manutenção e com sistema de Pare/Siga.

BR-060 até a divisa com Goiás

Outro trecho onde os motoristas também devem passar com mais cuidado, ainda conforme alerta do DNIT, é na BR-060, do entroncamento com a BR-163 até a divisa com o estado de Goiás, onde há obras de restauração, manutenção e com sistema de Pare/Siga.

O DNIT ainda ressalta que as rodovias que cruzam Mato Grosso do Sul são de pista simples e os condutores devem obedecer a velocidade e tomar muito cuidado nas manobras de ultrapassagem. Além de dirigir preferencialmente durante o dia e descansado.

Jornal Midiamax