Polícia / Trânsito

Colisão em cruzamento ‘problemático’ deixa mulher presa às ferragens

Em novembro, motociclista de 35 anos morreu no mesmo local

Midiamax Publicado em 11/05/2017, às 21h24

None

Em novembro, motociclista de 35 anos morreu no mesmo local

Uma colisão entre uma caminhonete S10 e um HR-V, na tarde desta quinta-feira (11), no cruzamento das Ruas Dom Aquino e Joaquim Nabuko deixou uma passageira, de aproximadamente 40 anos, presa às ferragens.  A condutora do veículo Honda teria avançado a preferencial. Em novembro de 2016, Eliane de Moura Coelho, de 35 anos, faleceu no local, pelo mesmo motivo.

A passageira do HR-V ficou presa no carro e o Corpo de Bombeiros precisou de um desencarcerador para retirá-la. Ela foi levada à Santa Casa com suspeita de fraturas. A condutora do carro não sofreu lesões aparentes, mas também foi levada ao hospital.

Conforme apurado pela reportagem, a caminhonete S10 seguia pela Dom Aquino, sentido Centro/Bairro, quando o veículo Honda teria avançado a preferencial. A caminhonete atingiu a porta da passageira.

Colisão em cruzamento ‘problemático’ deixa mulher presa às ferragens

O condutor da caminhonete, comerciante Vicente Sandim, de 53 anos, ressaltou que além da falta de sinalização é preciso mais atenção dos condutores.

A Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência.

Outro Caso

No ano passado, Eliane de Moura Coelho, de 35 anos, faleceu após ser atingida por um Fiat Doblo no cruzamento da Rua Dom Aquino com Rua Joaquim Nabuco, centro de Campo Grande.

Ela seguia pela Dom Aquino em uma Yamaha Factor quando foi atingida pelo Doblo, conduzido por um motorista de 47 anos. O condutor teria invadido a preferencial, segundo populares.

O Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel à Urgência) foram acionados. A mulher chegou a ser atendida, mas não resistiu e morreu minutos após o acidente, dentro da viatura do Corpo de Bombeiros.

Jornal Midiamax