Polícia / Trânsito

Casal e criança morrem em acidente entre três veículos na BR-163, em Anhanduí

Francisco Mendes Marques, de 70 anos, Alzira de Oliveira Marques, de 62 anos, e Júlia de 5 anos morreram na manhã desta segunda-feira (11) em um acidente envolvendo três veículos, no Km 423, da BR-163, próximo do distrito de Anhanduí, distante 40 quilômetros de Campo Grande. O casal estava no Escort placa KMK-2637, de Santa […]

Arquivo Publicado em 11/08/2014, às 11h37

None
219857868.jpg

Francisco Mendes Marques, de 70 anos, Alzira de Oliveira Marques, de 62 anos, e Júlia de 5 anos morreram na manhã desta segunda-feira (11) em um acidente envolvendo três veículos, no Km 423, da BR-163, próximo do distrito de Anhanduí, distante 40 quilômetros de Campo Grande.


O casal estava no Escort placa KMK-2637, de Santa Cruz do Monte Castelo (PR), que ficou com as rodas para cima no meio da rodovia. Ambos morreram presos nas ferragens. De acordo com os bombeiros, o Escort seguia de Campo Grande a Anhanduí quando tentou fazer uma ultrapassagem.


Ildebrando Azevedo, condutor de uma caminhonete S-10, afirmou que seguia pela rodovia no sentido Anhanduí  Campo Grande quando percebeu que o condutor do Escort jogou o carro em sua frente para fazer uma ultrapassagem. “Não pensei em nada, só joguei o carro para o acostamento”, lembra.


Atrás da caminhonete estava o Uno de placa OOL-8366, de Campo Grande (MS), conduzido por João Porto, proprietário de uma madeireira de Campo Grande. No veículo estavam a mulher e a filha de 5 anos, que morreu momentos depois de ser socorrida pelos bombeiros.


Em seguida vinha um carro Palio, placas BLB-5930, de Campo Grande (MS), que também não teve tempo hábil para se livrar da colisão. O veículo era dirigido por Paulo Ferreira, e tinha como ocupantes a mulher, Tereza da Silva Ferreira, de 48 anos, os filhos Paulo Ferreira Junior, de 16 anos, e Vitor Augusto, de 14 anos, e a irmã dele, Rosália Ferreira dos Santos, 38 anos.


Pelo menos nove viaturas do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) estiveram no local.


Outras três viaturas da PRF (Polícia Rodoviária Federal) também foram ao local, o congestionamento já chega a mais de 15 quilômetros de cada lado. A pista ficou interditada aguardando a chegada da Perícia Criminal e da Polícia Civil.


Texto atualizado 10h08 para acréscimo de informações.

Jornal Midiamax