Polícia / Trânsito

Veículo explode após acidente próximo a São Gabriel do Oeste

A perícia da Polícia Civil e a Polícia Rodoviária Federal estão no local e liberam o trânsito, que chegou a ter 6 quilômetros de congestionamento

Arquivo Publicado em 29/02/2012, às 20h11

None
457987016.jpg

A perícia da Polícia Civil e a Polícia Rodoviária Federal estão no local e liberam o trânsito, que chegou a ter 6 quilômetros de congestionamento

Duas mulheres, ainda não identificadas, morreram no acidente que ocorreu próximo ao município de São Gabriel do Oeste, na tarde desta quarta-feira (29), onde o veículo ficou prensado entre duas carretas e explodiu.


A perícia da Polícia Civil e a Polícia Rodoviária Federal estão no local e liberam o trânsito, que chegou a ter 6 quilômetros de congestionamento.


De acordo com o motorista da carreta, com placas NPG-4200, de Rondonópolis (MT), Gerson Romão Alves, 39 anos, a estrada é bem sinalizada e no trecho em que ocorreu o acidente, havia a indicação para reduzir a velocidade.


Alves destacou que todos reduziram e que a carreta com placas AJA-2437, de Presidente Venceslau (SP), estava em alta velocidade e não conseguiu frear, prensando o veículo Ecosport, com placas HTJ-8017, de Rio Verde do Mato Grosso (MS).


O condutor informou que ao perceber a colisão na traseira de sua carreta desceu e foi tentar socorrer a vítima do Ecosport, que era uma idosa. Alves disse que tentou abrir a porta e o carro já estava em chamas. Como não conseguiu foi buscar uma alavanca em seu caminhão, mas ao virar as costas o veículo explodiu.


Segundo Alves, o motorista do caminhão estava atordoado, porque estava dando carona para três mulheres, sendo que uma dela morreu no local. As outras duas mulheres foram levadas para o hospital e o condutor, por estar em alta velocidade, foi conduzido para prestar esclarecimentos.


Uma das carretas estava transportando fertilizantes e a carga acabou espalhada na pista. Profissionais na empresa estão no local para a limpeza da rodovia, que está sendo liberada aos poucos.

Jornal Midiamax