O vigia de escola, Rogério Raimundo da Silveira de 24 anos, passou um susto na manhã desta terça-feira (8), na avenida Tamandaré, quase esquina com rua Vênus na Vila Corumbá, região Oeste de Campo Grande.

O motociclista vinha na avenida, sentido centro-bairro, quando foi surpreendido por um Fiat Uno, dirigido pela dona de casa Maria de Oliveira, 56, que atravessou a pista. Apesar de Rogério afirmar que sentia dores na perna, ninguém teve ferimentos graves.

Com o choque, o vigia parou sentado com o banco da moto em cima do veículo.

A mulher contou que saía do estacionamento de uma loja, quando ocorreu o impacto. Com a batida, a moto bateu na porta traseira e quebrou o vidro do passageiro. Por sorte a motocicleta não atingiu a porta da motorista. “Apareceu do nada”, disse a dona de casa em relação à moto.

Rogério que mora e trabalha na cidade de Terenos e iria visitar a namorada na Vila Nasser, ficou esperando atendimento médico no local. A dona de casa que terá que arcar com o conserto informou não ter seguro.

Rogério acredita que os reparos na moto fiquem entre R$ 800 a R$ 1 mil por conta das rodas, direção, carenagem e tanque que estragaram. O trânsito orientado pela PM ficou lento no local.