O piloto da aeronave Cessna 172, identificado como Mario Daniel Duarte, 43 anos, foi surpreendido por uma armada com pistolas ao pousar na pista da Teixeira, em San Alberto, cidade paraguaia que fica distante 120 km de , no Mato Grosso do Sul.

Residente em Ciudade del Este, o piloto procurou a Polícia Nacional e relatou que a dupla chegou em um veículo Toyota, juntamente com uma mulher. Após a rendição, a dupla entrou na aeronave e deixou a pista da em direção ao lado norte.

Segundo informações do boletim de ocorrência registrado na Polícia Nacional do Departamento de Alto Paraná, que a reportagem do Jornal Midiamax teve acesso, o piloto pousou na pista da fazenda San Antônio para realizar serviço de táxi aéreo para um grupo de pessoas com quem manteve contato telefônico.

O caso é investigado por equipes da Dinac, do e do Comando Tripartite, uma vez que a região é conhecida pela ação de grupos que atuam no tráfico de drogas e armas na região.