Um casal sofreu um atentado na noite desta segunda-feira (15), em , a 351 quilômetros de , por um motorista que seria da mulher que estava no carro. Um dos tiros disparados atingiu o braço do homem.

A perseguição aconteceu quando a vítima parou no canteiro central da Avenida Pedro Manvailer, cruzamento com a Rua , e ao seu lado parou um carro Voyage, de cor prata, e sem o capô, onde estava o autor, que seria ex-marido da passageira. O autor fez três disparos.

Os tiros atingiram o vidro do lado do motorista, ferindo o braço da vítima. Em seguida, o autor fugiu e não foi localizado. A mulher contou aos policiais que era ameaçada pelo ex-marido, mas que nunca registrou boletim de ocorrência porque achava que ele não teria coragem de atentar contra a sua vida.