O helicóptero com quatro servidores do Governo do Estado a bordo que caiu nas proximidades do Aeroporto Santa Maria, na saída de Campo Grande para Três Lagoas, no fim da manhã desta quinta-feira (18), era do megatraficante Ramirez Abadía. 

Conforme apurado pela reportagem do Jornal Midiamax, a aeronave é um Jet Ranger, doada em 2013 pela PF () para combater o crime. Atualmente, ela pertence à Casa Militar do Governo de Mato Grosso do Sul. 

A queda aconteceu próximo ao hangar do Corpo de Bombeiros. Entre os ocupantes do helicóptero, estavam dois coronéis, sendo que um deles foi socorrido com lesão na coluna. 

A suspeita é que a aeronave estava em treinamento e, por isso, voava baixo no momento do acidente.

O helicóptero é do modelo Bell 206 com prefixo PT-HBM e, conforme consulta na (Agência Nacional da Aviação Civil), está em situação regular para voo.

Equipes do Dracco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao ) da Polícia Civil estão no local, além de socorristas do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).