Policiais civis da SIG (Seção de Investigações Gerais) de , cidade a 298 quilômetros de Campo Grande, identificaram condutora que fugiu após atropelar adolescente de 15 anos, na cidade na última sexta-feira (23).

Segundo a polícia, com análise de câmeras de segurança foi identificado o veículo envolvido, além da condutora, mulher de 26 anos. Após ser procurada pelos investigadores, a condutora se apresentou na onde foi interrogada.

Ela assumiu a responsabilidade pelo ocorrido, afirmou que fugiu pois teve medo de ser presa, e se comprometeu a compor o dano causado à vítima e seus familiares. O veículo foi provisoriamente apreendido e submetido à exame pela Perícia Criminal.

De acordo com a Polícia Civil, conforme o art. 301 do CTB, em caso de acidente de trânsito com vítima, se o condutor prestar socorro imediato, não lhe é imposta prisão em flagrante, e não é exigida fiança. De outro lado, quando não há a prestação de socorro, o condutor pode efetivamente ser preso em flagrante delito, respondendo por tipos penais majorados ou qualificados, a depender da gravidade das lesões, com de até 5 anos de reclusão.