José Cláudio Arantes, conhecido como ‘Tio Arantes’, foi preso na Bolívia, na última quarta-feira (06). Considerado liderança do PCC (Primeiro Comando da Capital), ele estava foragido desde 23 de novembro de 2021, quando fugiu durante a madrugada do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira de Regime Semiaberto, em Campo Grande. 

Imagem feita após a prisão de José Cláudio na Bolívia mostra que ele foi detido por associação perigosa. 

O homem foi preso em Santa Cruz pela FELCN (Força Especial de Combate ao Tráfico de Drogas), uma força policial do país vizinho. 

Tio Arantes tem uma ficha criminal extensa. Ele é acusado de participar de assaltos a bancos, homicídios e de ser um dos responsáveis por liderar a maior rebelião de Mato Grosso do Sul, em 2006, no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima, em Campo Grande.

Ele fugiu da Gameleira, em novembro de 2021. (Reprodução)

Fuga da Gameleira

A fuga aconteceu na madrugada do dia 23 de novembro de 2021, conforme as imagens das câmeras de monitoramento do presídio da Gameleira, de regime semiaberto. Segundo os agentes penitenciários, foi feita uma vistoria no Pavilhão C, constatando que os cadeados da cela que os presos ocupavam não estavam no local.

Também foi constatado que a tela do alambrado que dá acesso para a entrada do pátio interno estava cortada. Além de José Arantes, fugiu o colega de cela Eduardo Benedito do Amaral.