A Senappen (Secretaria Nacional de Políticas Penais), vinculada ao e Segurança Pública, transferiu na noite de sexta-feira (17), nove detentos do Presídio Rogério Coutinho, localizado no Complexo de Alcaçuz, em Nísia Floresta (RN) para as penitenciárias federais, incluindo Campo Grande. Eles são suspeitos de envolvimento com ataques a prédios públicos no Rio Grande do Norte.

A transferência foi a pedido do MPRN (Ministério Público do Estado do RN) e do governo do estado, sendo autorizada pela Justiça. Os presos transferidos podem ficar custodiados em qualquer uma das unidades, localizadas em Campo Grande, Catanduvas (PR), Mossoró (RN), Porto Velho (RO) e (DF). 

No sistema penitenciário federal, os detentos ficarão isolados em celas individuais, com visitas monitoradas e apenas por parlatório e com rigorosos procedimentos de segurança. Há quase 17 anos, o sistema não tem registro de fuga, rebelião e nem entrada de materiais ilícitos.