Socorrido após troca de tiros com policiais do Batalhão de Choque na Nhanhá, nesta terça-feira (17), morreu no Hospital Regional de Campo Grande. Ainda não há identificação do homem.

Conforme o delegado Alberto Luiz Miranda, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, o suspeito estava no Honda Civic. Então, teria sido flagrado negociando drogas com o outro homem na motocicleta.

Assim, os militares do Batalhão de Choque teriam feito cerco na Rua dos Andes e abordaram o motorista do Civic. Apesar disso, ele teria trocado tiros com os policiais.

Ainda conforme um morador da região, ele teria escutado os policiais gritando “Abaixa a arma”. Três armas de fogo foram apreendidas para perícia, sendo as armas dos policiais e do suspeito.

Também há marcas de tiros em uma das viaturas e o caso será registrado na delegacia. Além das armas, tabletes de drogas e documentos foram apreendidos.