Ricardo Dourado, de 17 anos, suspeito de executar Renato dos Santos Silva, ‘Renatinho’, na madrugada desta terça-feira (19), em Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande, morreu após ser baleado em confronto com a polícia no final da manhã. 

Conforme o delegado Felipe Potter, o suspeito foi localizado por policiais militares, mas abriu fogo contra a equipe, que revidou. O confronto ocorreu na Avenida Rio Grande do Norte.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, Ricardo morreu por volta das 15 horas da tarde, durante atendimento no hospital municipal. Ele chegou a ser socorrido e foi levado com vida ao hospital.

E ainda, a arma encontrada com o rapaz é compatível com as cápsulas recolhidas no local onde houve a execução de ‘Renatinho’ durante a madrugada. Agora, um exame da perícia deve determinar se Ricardo foi o autor do crime ou não.

Execução durante a madrugada

‘Renatinho’ estava na esquina da Rua Maranhão com a Rua Nova Esperança quando foi ferido pela primeira vez, sendo que tentou correr do autor, mas foi perseguido, segundo o site O Correio News. Já na Rua Paranaíba, ele foi alcançado.

Uma dupla fez mais três disparos e a vítima acabou morrendo antes da chegada do Corpo de Bombeiros. A suspeita é que o crime esteja ligado ao tráfico de drogas, já que ‘Renatinho’ tinha passagens pela polícia.