Um ‘sugar daddy’ de 62 anos foi preso depois de extorquir e ameaçar de morte uma adolescente de 17 anos, em Água Clara, a 193 quilômetros de Campo Grande, após compras feitas no cartão de crédito do . Ele exigiu que ela devolvesse R$ 900. 

A adolescente procurou a e contou que estava sendo ameaçada de morte. Segundo ela, os dois saíam esporadicamente em troca do idoso sustentá-la financeiramente, inclusive fornecendo a ela cartão bancário e senha para cobrir os gastos mensais. 

Mas, a adolescente contou que teria feito um gasto, acima do combinado, e por isso, o ‘sugar daddy’ ficou irritado e a procurou no trabalho. Ele a ameaçou de morte e a agrediu para devolver o dinheiro. 

A vítima, que morava sozinha com um filho de 2 anos, foi assistida pelo Conselho Tutelar. O homem irá responder pelo crime de extorsão, no contexto de violência doméstica, e segue à disposição da Justiça.

‘Sugar Daddy’

Os relacionamentos “sugar” são uma espécie de acordo em que um homem muito mais velho -sugar daddy – sustenta uma mulher mais nova – sugar baby – em troca de favores sexuais ou até mesmo de uma amizade sem sexo, porém, com mais intimidade.