Um home, de 50 anos, por não aceitar o fim do relacionamento riscou o carro e o muro da casa da ex com “puta” entre outras palavras de baixo calão. O caso aconteceu na noite de sexta-feira (6) em Três Lagoas, a 326 km de Campo Grande.

A mulher, de 41 anos, contou que viveu com o autor por 18 anos, mas se separaram há 8 meses e que tem medida protetiva desde agosto do ano passado, mas que o ex não cumpre.

Por volta das 18h30 o homem foi até a casa da mulher e acionou o interfone pedindo para conversar com a mesma, mas ela negou.

À noite, a mulher foi dormir na casa do irmão. quando estava a caminho da residência encontrou o carro do autor em frente a uma pizzaria próximo de sua casa.

Mais tarde, quando já estava na casa do irmão, viu o ex dentro do próprio carro parado na esquina da casa do irmão.

Na manhã deste sábado (7) ao sair da residência viu que seu carro, que passou a noite estacionado na calçada em frente a casa do irmão, estava riscado com a palavra “puta”. Ao chegar em casa, notou também que o muro da residência estava escrito “puta, caloteira” entre outros palavreados.

O caso foi registrado como dano, no âmbito de violência doméstica e descumprimento de decisão judicial que defere medida protetiva.