Duas pessoas foram baleadas, uma criança ferida por estilhaços e oito veículos atingidos por tiros na MS-384 em Antônio João, cidade a 296 quilômetros de Campo Grande, desde o último domingo (8). O trecho, de acordo com a polícia, é de mata fechada nas margens localizada a 10 quilômetros após o trevo da MS-164, próximo ao Assentamento Grupo Antônio João. Moradores da região estão assustados e condutores evitam transitar pelo local com medo do atirador.

A informação é que o atirador fica escondido na mata e, em um dos casos, foi visto na rodovia com uma lanterna, momento em que atirou contra um carro. Segundo informações, o DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e demais viaturas da Polícia Militar fazem rondas para prender o autor. Fotos e um vídeo mostram os veículos atingidos nas partes laterais e traseiras.

A polícia ressalta a importância do registro de ocorrência, pois, conforme apurado, algumas vítimas que tiveram os veículos atingidos e, no caso da criança ferida por estilhaços, não foram feitos boletim de ocorrência. Na ocorrência do menor, os policiais tomaram conhecimento, pois a família que estava no carro com a criança se deparou com uma viatura na rodovia, porém, não realizou o registro policial.

“Estávamos indo para , eu e mais três amigos, quando chegamos perto da última baixada que tem indo de Antônio João para Ponta Porã, onde tinha um rapaz na pista com uma lanterna, que logo em seguida já deu três disparos com a arma, sendo que um dos tiros ele errou, e dois pegaram no carro, um dos tiros acertou a perna de um dos meninos que estavam com a gente”, disse ocupante de um dos carros atingidos, publicou o Tablóide MS.

“Caso atípico, se estiver tentando roubar veículo, não está conseguindo. Ou está somente escondido na região da mata esquivando de possível identificação e tentando assaltar. Ali na região o pessoal está evitando andar pela noite na rodovia”, disse um policial. As ações do criminoso também podem ser aleatórias, como ocorreu em fevereiro do ano passado na BR-262, região de , com a de um homem de 59 anos.

“sniper”
Um homem de 59 anos foi preso em uma operação policial em fevereiro do ano passado, acusado de atirar contra veículos na rodovia BR-262, região de Miranda, a 203 quilômetros de Campo Grande.
Com uma espingarda de pressão modificada para calibre 22, o autor atirava aleatoriamente contra veículos que transitavam na via.
Cinco pessoas procuraram a neste caso, e uma delas chegou a ser atingida na região do olho, segundo a Polícia Civil na época.

Um vídeo mostra, o momento em que um carro é atingido por um tiro, em dezembro de 2021. Ninguém ficou ferido nesta ocorrência. Na casa do autor, na mata, próximo à rodovia, foram encontradas arma adaptada e um estilingue com pedras. Além destes casos, ele já havia respondido por homicídios, em 2005 e 2012.

reprodução

reprodução

Saiba Mais