Uma perseguição da Polícia Militar ao motorista de um Peugeot 307 na manhã deste sábado (11) terminou em acidente na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. O condutor do Peugeot foi preso e teria desobedecido a ordem de parada dos militares desde a Avenida Ernesto Geisel.

O suspeito e os policiais seguiam pela Avenida Afonso Pena, sentido Parque dos Poderes, quando em frente ao shopping teriam entrado para fazer o retorno e seguir sentido Centro. Segundo testemunhas, a viatura teria colidido contra o Peugeot para tentar fazer o motorista parar o carro, quando um terceiro veículo, um Fiat Cronos, foi atingido pelo Peugeot.

Tiro foi disparado contra o carro para tentar fazer motorista parar. (Foto: Kísie Ainoã – Jornal Midiamax)

Os policiais chegaram a efetuar um disparo contra a parte de baixo da porta do motorista, mas ele não parou. A viatura também foi atingida e ficou com a parte da frente direita danificada.

Segundo relatado pelo namorado da vítima ao Jornal Midiamax, a motorista do Cronos seguia para uma consulta odontológica. “Foi um susto. Ela me ligou dizendo que bateram no carro dela e eu vim para cá. Agora vamos acionar o seguro e ver no que dá. A polícia só me falou que o cara estava fugindo”, disse.

A condutora do Cronos, de 64 anos, teve ferimentos leves e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o CRS (Centro Regional de Saúde) Tiradentes, enquanto o condutor do Peugeot foi preso e colocado em outra viatura.