Lucas Osvaldo Pejara Alvarenga, de 36 anos, encontrado morto na manhã desta terça-feira (21), com uma faca cravada no peito, tinha passagens por tráfico de drogas, furto e roubo majorado.

O corpo do pedreiro estava em uma casa abandonada no Bairro Jardim Botânico em Campo Grande e foi encontrado por populares, por volta das 6h50. O local é utilizado por dependentes químicos.

Conforme as informações, Lucas estava em cima de uma cama com uma cravada no peito e uma pedra ao lado dele. O cabo da faca foi localizada no lado de fora da casa.

De acordo com a Polícia Civil, equipes do (Grupo de Operações e Investigações) buscam pistas sobre o suspeito que até o momento não foi identificado.

O caso foi registrado como homicídio simples e ainda será distribuído para que ficará responsável pela investigação. Até o momento não há mais detalhes sobre o crime.

Saiba Mais