Na quinta-feira (23), a Ativo Oculto foi deflagrada pelo (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) do Mato Grosso. Mandados foram cumpridos em Mato Grosso do Sul.

A assessoria esclareceu que o procedimento é sigiloso e que não há detalhes sobre quantos mandados foram cumpridos em MS. Além disso, não foram citadas as cidades onde as ordens judiciais foram cumpridas.

Em nota, o Gaeco informou que a operação foi fundamentada em investigação sobre crimes de lavagem de e ocultação de bens. A imprensa local afirma que a ação teria como alvo o Comando Vermelho, incluindo liderança da facção no Mato Grosso.

Assim, foram expedidos 271 mandados, sendo 34 prisões cautelares, 112 bloqueios e sequestro de bens e valores e 125 de busca e apreensão. Ao todo, foram mobilizados mais de 600 policiais civis e militares.

Os mandados foram cumpridos no Mato Grosso – em Cuiabá, Várzea Grande, Mirassol D’Oeste, Araputanga, Barra do Bugres, Arenápolis, Sinop e Rondonópolis. Também foram cumpridas ordens judiciais em Mato Grosso do Sul e Rondônia.

Ao fim do dia, balanço indicava 10 prisões preventivas e 15 temporárias cumpridas. Também foram apreendidos 89 celulares, além de drogas, 11 armas de fogo e 12 veículos. Já em valores, mais de R$ 161 mil foram apreendidos.

Saiba Mais