Uma mulher de 35 anos perdeu R$ 200 ao cair no golpe do , na sexta-feira (11), em . Golpista entrou em contato com a vítima pelo WhatsApp dizendo ser sua prima e que seu celular tinha sido clonado.

De acordo com boletim de ocorrência, a vítima fez a transferência via Pix para um CPF, mas somente após enviar o valor é que percebeu que a conta estava relacionada a um nome que ela não conhecia.

Ela questionou a prima, que informou que o seu número tinha sido clonado e que o golpista havia pedido a diversos contatos dela. O caso foi registrado como estelionato na 1ªDP (Delegacia de Polícia) de Corumbá.