O homem executado com quatro , nessa quinta-feira (4), Rodrigo Carlos de Lima, de 28 anos, em São Gabriel do Oeste, cidade a 133 quilômetros da Capital, tinha passagens por tráfico de drogas e lesão corporal dolosa. Rodrigo foi assassinado com quatro tiros.

Em 2017, Rodrigo foi preso após a polícia receber denúncias de que ele comercializava cocaína e maconha na modalidade disque entrega, onde usava uma para fazer a venda da . A encomenda da droga sempre era feita para Rodrigo pelo WhatsApp.

No dia de sua prisão, os policiais apreenderam porções de cocaína que renderiam a Rodrigo mais de R$ 6 mil, além de maconha que revendida daria lucro de pouco mais de R$ 1 mil. Rodrigo também tem passagens por lesão corporal dolosa, em 2016.

A execução

Segundo informações do boletim de ocorrência, a esposa de Rodrigo informou que estava no quarto junto ao marido e ao filho do casal, quando um dos autores entrou de capacete e efetuou os disparos. A vítima foi atingida pelo menos quatro vezes.

Em seguida, o atirador fugiu do local junto ao comparsa, que o aguardava na motocicleta. O Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegaram a ser acionados, mas Rodrigo morreu no local. O caso foi registrado como homicídio qualificado.