Um homem tentou resgatar uma presa, na noite desta terça-feira (17), que estava em um (Centro Regional de Saúde) do Coophavila, em . A detenta estava sendo escoltada por dois policiais penais. O homem não foi localizado.

Informações passadas para o Jornal Midiamax são de que, por volta das 19 horas, os policiais penais faziam a escolta da presa do Presídio Irmã Irma Zorzi, internada na unidade de saúde, quando um homem chutou a porta entrando no quarto e dizendo: “Vamos”. 

Neste momento, um dos policiais penais sacou a e o homem fugiu. Em seguida, o policial foi atrás até o estacionamento para ver se encontrava o autor, mas ele não foi localizado. Foi feito pedido de apoio para a polícia penal, que foi negado, e depois para a PM, mas teria sido negado. A segurança do local para os demais pacientes foi feita pelos policiais penais.

Foi questionada à presa se ela conhecia o autor e a mulher teria afirmado que seria seu filho. 

Saiba Mais