Duas conselheiras tutelares foram agredidas durante o trabalho em uma residência em Ribas do Rio Pardo, a 101 quilômetros de Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (9). A suspeita, de 42 anos, também agrediu dois policiais que estiveram no local atendendo à ocorrência. 

As conselheiras foram até uma residência para verificar a situação de uma mãe e uma criança, porém a mãe não estava no local, então elas ligaram para a mesma pedindo que fosse até a casa. Quando chegou, a mulher começou a agredir verbalmente e fisicamente as conselheiras, segundo o site local Notícias do Cerrado.

Uma equipe da polícia foi acionada para atender a ocorrência e ao chegar na casa, dois policiais foram ameaçados, desacatados e também agredidos fisicamente pela mulher, conforme informações do Delegado Adjunto de Polícia Civil, Felipe Braga, repassadas ao site local.

Diante dos fatos, a suspeita foi presa em flagrante e levada para a DP (Delegacia de Polícia Civil) de Ribas do Rio Pardo. Ela responderá pelos crimes de lesão corporal dolosa, ameaça, resistência, desobediência e desacato.