Condenado pelo assassinato de Sebastião Lopes, morto em setembro de 2016, Weverton Olial de Oliveira, de 32 anos, vulgo “Buiu”, volta ao banco dos réus nesta terça-feira (14). Desta vez, ele será julgado pela tentativa de matar Sebastião, dois anos antes, em 2014.

Em junho do ano passado, Weverton foi condenado a 6 anos de reclusão em regime semiaberto pela morte da vítima, conforme o Jornal da Nova.

A tentativa de homicídio aconteceu no dia 30 de maio daquele ano em Nova Casa Verde, distrito de , cidade a 298 km de . Na companhia de amigos e familiares, Sebastião foi até um bar jogar sinuca e ingerir bebida alcoólica.

Weverton, que estava no local, começou a discutir com os acompanhantes de Sebastião, que decidiu ir sozinho a outro bar.

A vítima foi seguida por “Buiu”, que desferiu cerca de 11 golpes de facas nas costas de Sebastião, que foi socorrido, encaminhado ao Pronto Socorro do de Nova Andradina e passou por cirurgia.

Na época, Weverton confessou o crime e alegou que a vítima teria subtraído um certa quantia em dinheiro.

Condenação

O julgamento pela morte de Sebastião aconteceu em junho. Mesmo intimado, ‘Buiu’ não compareceu ao Tribunal do Júri.

O assassinato também aconteceu com golpes de faca. Weverton foi até a residência da vítima e passou a questioná-lo sobre R$ 300 que supostamente teria furtado da residência do autor. Ambos brigaram e Sebastião foi golpeado. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital.

Saiba Mais