A Polícia Civil, acionada pela Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal de Mato Grosso do Sul) há dois dias, flagrou uma chácara perto de uma estrada vicinal de Campo Grande, com 85 garrotes – bezerros em idade de desmame – sendo que seis deles estavam mortos. O diagnóstico deles, avaliados por um médico veterinário, é de subnutrição. E, segundo a força-tarefa, o local estava aparentemente abandonado e os animais ficaram cerca de 15 dias sem comida.

A vistoria ocorreu na terça-feira (18) e o dono do imóvel foi encontrado nesta manhã (19). Ao Jornal Midiamax o delegado Maércio Barbosa, titular da Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e de Atendimento ao Turista), ressaltou que o suspeito deve se apresentar por volta das 14h e a ração para os animais foi providenciada há pouco.

(Divulgação, Polícia Civil)

“O dono precisará manter os animais com sal e ração, em condições adequadas. Ele vai prestar esclarecimento nesta tarde e deve ser indiciado pelo crime de maus-tratos”, afirmou o delegado.

Conforme consta no boletim de ocorrência, a ação conjunta foi até a estrada vicinal perto da BR-163, quando encontrou a chácara. Os policiais então vistoriaram o imóvel pelo lado de fora, constatando se tratar de uma casa com ampla área externa, além de sala, cozinha, dois quartos e uma suíte, aparentemente abandonada.

Em seguida, identificaram os 85 animais, entre 8 a 10 meses, com os indícios de subnutrição e alguns mortos.

A pena para o crime de maus-tratos pode chegar a cinco anos de reclusão, além da multa.

Fiscalização ocorreu nessa terça-feira (18) em Campo Grande. (Divulgação, Polícia Civil)
Fiscalização ocorreu nessa terça-feira (18) em Campo Grande. (Divulgação, Polícia Civil)