Marcos Bezerra de Melo, de 46 anos, segue foragido um ano após atirar na cabeça e matar a cabeleireira Jackeline Aparecida de Souza Galvão, de 37 anos. A Polícia acredita que o assassino tenha fugido para o Paraguai. O crime aconteceu em dezembro de 2021, na cidade de Nova Alvorada do Sul, município distante aproximadamente 120 quilômetros de Campo Grande.

Nessa quarta-feira (18), a equipe de reportagem do Midiamax entrou em contato com a Polícia Civil de Nova Alvorada do Sul e foi informada que o suspeito ainda está foragido. Os policiais seguem fazendo buscas para encontrá-lo, mas até o momento ele continua desaparecido.

Logo após o crime, o advogado do suspeito chegou a dizer que seu cliente se apresentaria na delegacia na mesma semana dos fatos, mas a apresentação não aconteceu. O suspeito desapareceu e nem a defesa dele sabe notícias.

“Ele falou que se apresentaria, mas não aconteceu. Depois ele desapareceu, nunca mais tive notícias dele”, disse ao Jornal Midiamax, Acrísio Venâncio, advogado do suspeito.

Crime

O crime aconteceu na madrugada do dia 12 de dezembro de 2021. A suspeita é de que o suposto autor não aceitava o fim do relacionamento com a vítima. Além de atirar em Jackeline, ele ainda teria tentado atirar contra o filho dela, de 10 anos. A filha, de 20 anos, entrou na frente para defender a criança e foi atingida no braço.

Jackeline foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. A filha dela se recuperou do ferimento.