Uma mulher trans conhecida como Rihanna foi morta a pauladas neste domingo (20) pelo companheiro, ainda não identificado pela polícia, após uma discussão por R$ 20 no Jardim Noroeste, em Campo Grande. De acordo com testemunhas, ela teria levado o homem para a casa dela há cerca de uma semana.

Desde então, as brigas eram diárias no barraco onde a vítima morava. Segundo uma conhecida, que não quis se identificar, Rihanna tinha pegado essa quantia emprestada com o companheiro e até vendeu uma caixa de sabão em pó nesta manhã para pagá-lo.

Após fazer o pagamento, ela pediu para o homem, de cerca de 40 anos, deixar o local, já que ela não queria mais manter o relacionamento. Inconformado, o homem teria começado uma nova discussão, partindo para cima dela com um facão.

Ambos foram para a área externa do barraco, onde continuaram as agressões mútuas. Rihanna ainda conseguiu derrubar o facão das mãos do autor do crime, mas ele arrancou um pedaço de pau da cerca e deu duas pauladas na cabeça dela.

Com as agressões, ela desmaiou e o homem também ficou ferido. Vizinhos interferiram na briga e tentaram reanimá-la com ajuda com Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), via telefone, mas sem sucesso.

Quando o socorro chegou, a vítima já estava morta. O homem foi levado para uma unidade de saúde sob escolta, preso em flagrante, pelo crime.