Imagens de câmera de segurança mostram o momento da execução do policial paraguaio Luis Alcibiades Peralta Dávalos, de 36 anos, na manhã do sábado (11), em Capitán Bado, cidade paraguaia que faz fronteira com Coronel Sapucaia – a 395 quilômetros de Campo Grande.

No vídeo é possível ver que o policial está parado na rua, na frente do Departamento de Identificação de Capitan Bado, onde trabalhava, quando um homem atravessa a via com a arma em punho. Ele atira várias vezes contra o policial, que cai no chão. Um homem que estava próximo à vítima foge correndo do local. 

O pistoleiro ainda chuta o policial na cabeça antes de fugir. Uma mulher com um bebê no colo corre para socorrer o agente, que não resistiu aos ferimentos.

Crime na fronteira

O policial identificado como Luis  Alcibiades Peralta Dávalos, de 36 anos, que trabalhava no Departamento de Identificação da Polícia Nacional, foi morto na manhã de sábado (11), em Capitán Bado. O policial foi assassinado no dia do próprio aniversário.

Até o momento a Polícia Nacional não tem informações sobre o que teria motivado a execução. De acordo com informações repassadas pelo comissário, o agente da Polícia Nacional foi atingido com disparos de pistola nove milímetros. Dois homens que estavam em uma motocicleta são procurados pelo crime.