Pistoleiro suspeito de matar policial na fronteira é preso

Crime aconteceu na noite de quinta-feira em Pedro Juan Caballero
| 25/07/2022
- 06:43
Pistoleiro suspeito de matar policial na fronteira é preso
Suspeito foi preso neste domingo em Pedro Juan Caballero (Foto: Divulgação)

Agentes da Polícia Nacional prenderam neste domingo (24), Júlio César Robles Garcia. Ele é acusado pelo assassinato do comissário Secundino Câniza, na última quinta-feira (21), em Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, cidade distante 320 quilômetros de Campo Grande.

Com o acusado, segundo informações da Polícia Nacional do Paraguai, foram encontrados 10 cartuchos, uma de fogo e também a que teria sido utilizada durante a execução do comissário, que foi atingido por 15 tiros.

A vítima foi pega de surpresa, quando estava prestes a entrar em sua casa. Os autores estariam em uma moto, realizaram os disparos que mataram Cañiza e então fugiram. O policial chegou a ser socorrido e encaminhado para o Hospital Viva Vida, mas não resistiu aos ferimentos.

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Campo Grande de e Miranda fiscalizaram 46 embarcações e...

Últimas notícias