Polícia

Suspeito de estuprar mulher com necessidades especiais é solto em MS

O suposto estuprador ganhou a liberdade durante audiência de custódia

Anna Gomes Publicado em 12/01/2022, às 09h35

O suspeito ganhou liberdade durante a audiência de custódia.
O suspeito ganhou liberdade durante a audiência de custódia. - Edição MS

Um homem, de 48 anos, suspeito de estuprar uma mulher com necessidades especiais, de 35 anos, ganhou a liberdade durante uma audiência de custódia realizada nesta terça-feira (11), no Fórum de Coxim, município distante aproximadamente 250 quilômetros de Campo Grande.

A juíza, conforme o Edição MS, entendeu que, embora existam indícios acerca da materialidade do crime, não estão presentes os requisitos para manutenção da prisão, uma vez que o suspeito não oferece perigo à ordem pública. Na decisão, a magistrada também levou em consideração, ainda, que não há indícios de que suposto autor vá se evadir da comarca, tampouco de que esteja ameaçando testemunhas, dentre outros.

Apesar de ter conseguido a liberdade, suposto estuprador não pode fazer qualquer tipo de contato com a vítima. Dela, o suspeito também deve manter distância mínima de 200 metros.

O suspeito foi localizado com a vítima na madrugada de domingo (9), em uma casa, localizada na cidade de Coxim. A mulher contou à polícia que foi forçada a manter relações sexuais com o suposto autor. Na ocasião, o homem foi preso em flagrante por estupro de vulnerável.

A vítima, ainda segundo o Edição MS, tem deficiência mental e física. Familiares dizem que, embora tenha corpo de mulher, a mentalidade é de uma criança.

A Polícia Civil teve acesso ao celular da vítima e descobriu que outros homens mandavam e pediam conteúdo pornográfico à mulher. Todos estão sendo investigados.

Jornal Midiamax